segunda-feira, 30 de abril de 2012

Agropecuária Harada


O nissei Kunio Harada foi um produtor rural e morador do bairro Barra Grande de Coronél Macedo (SP). No final da década setenta instalou uma revendedora de produtos agropecuários na rua Ataliba Leonel, quase de frente com o Centro Recreativo Taquaritubense: Agropecuária Harada.
A firma foi muito bem e devido ao tipo de venda e ao conhecimento do Kunio. Ele contava com um técnico agrícola, quatro vendedores e após um ano de atividades montou uma revendedora em Coronel Macedo e outra em Itaberá. No segundo ano tinha representações em Taguaí e Fartura. Ampliou, portanto, enormemente seus negócios. Durante três anos vendeu adubos, calcário, inseticidas, fungicidas e herbicidas para produtores rurais da região de Taquarituba. Instalou também uma revenda em Capão Bonito e contratou dois técnicos agropecuários. 
A firma foi desativada após cinco anos de existência.

sábado, 14 de abril de 2012

Plantação de algodão

O técnico vendedor da Sandoz Agroquímicos de Santa Cruz de Rio Pardo, em 1969/70, vendo o algodoeiro (enorme, de mais  de 2,0 metros). Ele era amigo do engenheiro agronômo Laerte Emlio Fregonési. Ambos queriam introduzir a cultura do Algodoeiro em Fartura (S.P.) naquela época. No plano de fundo podemos ver a serra na divisa de Taquarituba com Taguaí.,S.P.


Pesagem de algodão - década de 1970

Pesagem de algodão colhido a mão (ano de 74/75) no sitio Queimadão, da  família Sia (Rubens Sia?).