sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Introdução do bicho da seda na região de Taquarituba


Durante a crise de produção de feijoeiro, na década de oitenta a Casa da Agricultura de Taquarituba, SP, estimulou e introduziu a produção de bicho da seda no município e região  através de palestras, excursões à Estação Experimental de Gália, do Instituto de Zootecnia do estado de São Paulo em conjunto com firma particular,  com a adesão de 28 produtores.  Na ocasião foi  criada pelos agricultores a estrutura de produção: plantio de amoras (vinda de Gália e arredores), construção de barracões, chocadeiras, etc. com apoio financeiro das agências do Banco do Brasil s.a. de Taquarituba e Avaré.
Essas atividades motivaram agricultores dos municípios vizinhos - Taguaí, Fartura, Itaí, Coronel Macedo, Itaporanga - a produzir o bicho da seda ficando Taquarituba como centro de arrecadação e remessa para a matriz da Fiação de seda BRATAC S.A.  (http://www.bratac.com.br/ ). 
Pode-se dizer que foi criada com esta atividade uma nova oportunidade de geração de renda para pequenos agricultores da região durante a década de 1980.

Nenhum comentário:

Postar um comentário