sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Taquarituba e a Revolução Constitucionalista (1932)

Na chamada Revolução Constitucionalista (1932) São Paulo se rebelou contra o governo federal que, ainda em 1932, não demonstrava vontade política para a adoção de uma nova Constituição que era aguardada pelos brasileiros desde 1930. Em especial, os paulistas estavam descontentes com esta situação entrando em guerra contra o governo federal.
Contam os taquaritubenses que em agosto de 1932 as cidades de Taquarituba, Taguaí e Fartura foram palco da luta dos paulistas contra os gaúchos (que lutavam pelo governo federal) que se abrigavam nas fazendas da região durante os bombardeios aéreos.
As tropas gaúchas se abrigaram nas fazendas do Soldeira e Dalcin de Taguaí e mataram o gado delas para “charquear” e com elas tratar a tropa conforme contam os participantes dos fatos dessa época.
Em Taquarituba os gaúchos requesitavam alimentos e bebidas das casas comerciais para suas tropas.  
Após a notícia de que as tropas paulistas estavam combantendo ao norte do Estado de São Paulo os gaúchos partiram para o sul do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário