segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Manejo de pragas e doenças em feijoeiro




Cultura do feijoeiro de Paulo Pulz. Na foto, da esquerda  para a direita vemos o filho de Laurentino Guerra, o próprio Laurentino, José Norival Augusti e um tratorista. Laurentino e José Norival verificam os níveis de controle de pragas e doenças após pulverização de defensivos, fungicidas e inseticidas  aliados ao adubo foliar como complemento de adubação.

Festa do milho(1969) - Taquarituba



II Curso de Produção de Queijos e produtos Lácteos Artesanais - Taquarituba

Em pé de costas e á direita, o instrutor engenheiro agrônomo Jerônimo Canalez. Foto Nossa Senhora de Fátima, 1981.


Primeiro Curso de Tratoristas da Casa de Agricultura, Taquarituba - 1967


Nesta foto, de cima para baixo, vemos Tonan Kudo(engenheiro agrônomo do Dextru-Campinas, setor da Juventude Rural), José Norival (engenheiro agrônomo regional), o escriturário José Gonçalves, o instrutor "Bide" e mais um outro instrutor de mecânica da Massey Fergurson de Lençóis Paulista, SP.




Colheita de milho


Colheita do campo do Concurso de Produtividade do milho do produtor Pedro Bueno Rodrigues, ano agrícola 1969/70, bairro Muniz, que foi classificado em primeiro lugar. Quatro inspetores ajudavam e verificavam a produção do concorrente, inclusive o engenheiro agrônomo José Norival Augusti (eu).

Irrigação com pivot central


Foto da Fazenda S. Margarida de Valentim Luis Riguetto, bairro do Porto, Taquarituba, em feijão das secas, ano 1984/85, irrigado com Pivot Central, fazendo ferti-irrigação e manejo integrado de pragas e doenças. Na foto o produtor e dois engenheiros agronômos.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Taquarituba: anotações sobre a administração pública de 1964 a 1983

Em 1964, assumiram a prefeitura Ribas Ferreira de Oliveira(PDC/PTN) como prefeito  e Luiz Ferreira Neto (PDS) como vice-prefeito. Na época foram eleitos vereadores: Adelino Dognani, Antônio da Silva Rodrigues, Dácio José Vaz Gabriel, David Antunes da Silva, Eurides Gomes, José Firmino Nogueira, Massaomi Nagoya, Nicanor Camargo, Pedro José da Almeida, Acyr de Almeida Lima, Antônio Rolim dos Santos, e Nissida Aguto(Augustinho Nishida).
Foram da diretoria da Câmara municipal da 12ª legislatura foram eleitos os presidentes: Nicanor Camargo(1964,1968), Dácio José Vaz Gabriel(1965); Eurides Gomes(1967). Os vices presidentes: Dácio José Vaz Gabriel(1964), Nicanor Camargo(1965), David Antunes da Silva(1964), Acyr de Almeida Lima(1967). Os primeiros Secretários foram: Pedro José de Almeida(1964,1965,1966), Antônio Rolim dos Santos(1968). Os segundos secretários foram: David Antunes da Silva(1964,1965), José Firmino Nogueira( 1966) e Adelino Dognani (1967). Devido a problemas administrativos na Prefeitura o prefeito Ribas Ferreira de Oliveira, pressionado pela Câmara de vereadores, renunciou ao cargo em 1966, assumindo o cargo de Prefeito seu vice Luiz Ferreira Neto.
Nesta ocasião o Cartório eleitoral estava situado na cidade de Itaporanga(S.P.). A presidência da Câmara era ocupada por Eurides Gomes, a vice-presidência por Acyr de Almeida Lima e o 1ª secretaria era ocupada por Antônio Rolim dos Santos.
Em 1968, após eleição de 1967, assumiu o candidato Luiz Ferreira Neto (Arena I),que foi o prefeito que complementou a gestão anterior devido a renúncia de Ribas Ferreira de Oliveira. Foi prefeito novamente até 31 de janeiro de 1969, quando foi eleito Nicanor Camargo(Arena) que assumiu em 1970, pela segunda vez eleito prefeito e administrou a cidade até 31 de dezembro de 1973.

  • Foram eleitos vereadores da 13ª legislatura: Acyr de Almeida Lima, prof. Darcy Gomes, Jaime Pereira, José Domingos Pereira(Zé da Sta. Terezinha), Alfredo Costa Braz (”Nenzinho”), Sergio Siciliano, Adelino Plenz, David Antunes da Silva, Jurandir da Espírito Santo Amaral, Dácio José Vaz Gabriel,Josué Penna Sobrinho, prof. Rubens Bueno e Paulo Gonçalves, todos da Arena.
No ano de 1969, foi asfaltada a Av. Coronel João Quintino, após contrato de empréstimo de NCr$300.000,00, firmado em 24 de julho de 1969, financiado em 36 meses pela Caixa Econômica Estadual para a Prefeitura Municipal. Foi firmado também  convênio com a Campanha da Merenda Escolar Estadual no valor de NCr$10.000,00.
Neste período foi asfaltada a estrada Taquarituba-Itaí, passando pela Raposo Tavares até Avaré(1968/69). O locutor e autor de programa “O pulo do gato” - Vicente Leporace da Rádio Bandeirantes de São Paulo - participou da reivindicação do asfaltamento da rodovia em seu programa matinal falando sobre ela várias vezes no ano de 1967.
Para incentivar a modernização no município também foi encaminhado em setembro de 1969 pelo Prefeito Municipal à Câmara Municipal, e depois votado e aprovado, Projeto de Industrialização que dava Isenção de Impostos Municipais, por 10 a 20 anos, e a doação de terrenos em área desapropriada na saída para o bairro conhecido como bairro dos “Leite”.
Em 21 de Novembro de 1969, foi formado o ”Consórcio de Promoção Social de Paranapanema” constituído por Taquarituba, Paranapanema, Arandu, Angatuba, Itaí, Buri. Foi assinado pelo prefeito Nicanor Camargo e referendado pela Câmara Municipal. Neste mesmo ano o prefeito Nicanor Camargo pediu à Câmara e ao seu presidente Dácio José Vaz Gabriel para vender as ações da Petrobrás e as vendeu na Bolsa de valores.
Nessa eleição de 1969, a diferença para o segundo colocado, Antônio Lino Rodrigues conhecido por “Toninho Padre” (Arena II) foi de trinta e três votos. Como houve denúncia de fraude eleitoral, foi feita recontagem de votos no Fórum de Itaporanga, sendo confirmada a vitória de Nicanor Camargo.
A denúncia ocorreu porque conta-se que até a última urna Antônio Lino Rodrigues(Arena II) vencia e os seus correligionários foram para Taquarituba e comemoraram a vitória, em com rojões e passeata, pela cidade, enquanto que na Justiça eleitoral de Itaporanga foi encontrada um urna e feita nova contagem.
Na junta eleitoral, segundo alguns taquaritubenses, encontravam-se dois deputados por Avaré e região que sempre influenciavam a política do município e quando saiu o resultado oficial o candidato Nicanor Camargo, da Arena I, foi declarado vencedor com a diferença de trinta e três votos, junto com seu vice, Pedro de José de Almeida conhecido por Pedro Mineiro (Arena).
Na época a sede da Prefeitura funcionava na Rua Campos Salles, 485(em 2005 nele funcionam diversos órgãos estaduais e municipais) com a Câmara funcionando em prédio nos fundos do terreno.

  • Os vereadores eleitos nessa legislatura foram: bel. Jose Benedito Rodrigues(Zé do Ico)e prof. Guido Dias de Almeida (MDB) e Pedro José de Almeida(“Pedro Mineiro”), Eurides Gomes, bel. Hélio Lara Bueno e David Antunes da Silva, Josué Penna Sobrinho(“Juca Pena”), José Elias Nunes,todos da Arena.
No ano de 1972, o movimento de Pacificação política representado pelos políticos e a sociedade representada pelos senhores Pe. Francisco de Lucía, delegado de polícia Haroldo e Eurides Gomes do “Cursilho da Cristandade” e intermediado pelo clube de serviço e amizade - Lions Clube de Taquarituba - indicaram e foi escolhido e eleito o candidato único à prefeito Lourenço Custódio (Arena I) e a vice Acyr de Almeida Lima (Arena II) que foram eleitos com 2.720 votos.
Os dois foram prefeito e vice até 31 de dezembro de 1977, acabando por pouco tempo com as “rixas” políticas do município, como tinha sido estipulado pelo acordo suprapartidário.

  • Os vereadores eleitos foram: Sergio Siciliano, bel. Jaime Gomes, bel. José Benedito Rodrigues, Mario Nunes, Paulo “Guaru”, Sebastião Lino Rodrigues (Arena II) e Rubens Ap. Bueno, Pedro José de Almeida, Girson Vaz, David Antunes da Silva, Alfredo Costa Braz e Josué Penna Sobrinho (Arena I). O vereador Alfredo Costa Braz (Arena II) foi cooptado e passou à situação, Arena I, durante a sua gestão. Davi A. Silva foi vereador por quatro legislaturas.
Em 1974 foi asfaltada a estrada Taquarituba-Taguaí-Fartura e realizados os primeiros asfaltamentos das ruas da cidade pela firma de um diretor da Constran s.a., de Botucatu, da Rua Ataliba Leonel e Floriano Peixoto e várias ruas transversais.
Neste período a sede da Prefeitura Municipal, passou a funcionar na Rua São Benedito 366, onde tinha deixado de funcionar o Fórum saindo da Rua Campos Salles.
Após o ano de 1974 os prefeitos pós Lourenço Custódio completaram o asfaltamento da cidade.

  • Os vereadores eleitos foram: Pedro José de Almeida(PFL), Girson Váz, Rubens Aparecido Bueno, Luiz Ferreira Neto, Paulo de Campos, Sebastião Lino Rodrigues, David Antunes da Silva, bacharéis; José Benedito Rodrigues e Jayme Gomes(presidente 73/75),o agricultor: Mario Nunes da Silva e o funcionário Sérgio Siciliano(em 2005 foi chefe de Gabinete do Governador do Estado, dr. Geraldo Alckimin), todos da Arena.
Pela segunda vez, desta vez como prefeito foi eleito Luiz Ferreira Neto (Arena) e vice Antônio Batista Tenca(Arena) com 3.459 votos, em 1976 e tomaram posse em 1o de fevereiro e 1977, concorrendo com Pedro de Almeida(Pedro Quintino) e seu vice José Carlos Machado(MDB). Sua gestão terminou em 31 de dezembro de 1982.

  • Foram eleitos os vereadores: pela Arena: Luiz de Oliveira, José Benedito Brizola, Antônio Cimatti, Rubens Aparecido Bueno, Gumercindo Fernandes Rodrigues, João Antônio da Fonseca, Paulo Ferraz de Oliveira, bel.José Benedito Rodrigues(pres.75/77); e pelo MDB: prof. Guido Dias de Almeida, Erso Dognani, Indalécio Gomes de Camargo, Silvio Augusto Cimatti, Osmair Aparecido de Faveri, e Eloy Tamoio de Oliveira.
Os candidatos vencidos foram Pedro de Almeida conhecido por Pedro Quintino(MDB) e vice José Carlos Machado(Zé Machado) com 2.939 votos.
Em 1978 foi asfaltada estrada para Coronel Macedo-Itaberá, e dois anos depois a estrada de Coronel Macedo para Itaporanga, e depois até a divisa do estado interligando o município por asfalto com a divisa do Paraná.
Nesse período foi feita a cessão do Serviço Municipal de Águas e Esgotos à Sabesp, por 30 anos a partir de 1976, terminando a cessão em 2006.
Cabe destacar que neste período houve perdas de merenda escolar, com repercussão nacional pelo Jornal Nacional do canal 5, devido ao armazenamento indevido feito pela Prefeitura municipal. A merenda estragada foi enterrada no mato do “Eugenio”, ao lado da cidade,.
A Prefeitura Municipal usava uma área desapropriada na época do Prefeito Antônio da Silva Rodrigues e destinada ao Almoxarifado e oficinas, na Av. 9 de julho 402, e em 1983 ela adquiriu mais uma faixa de terreno vizinha, com a largura de 8 metros de frente por 30 m. de fundos, que fica ao lado da Casa Espírita. Este terreno era uma faixa estreita, que era ligado ao almoxarifado, à oficina de máquinas, ao depósito de materiais e aos equipamentos da municipalidade, que serviu  para aumentar a entrada do terreno e para aumentar as construções. 
Em 1982 foi eleito  Arnon Firmo de Mello (PMDB) e vice Joél Gomes (PMDB), ambos tomaram posse dos cargos em 1o de fevereiro de 1983 governando até 31 de dezembro de 1988.

  • Foi presidente da Câmara dos vereadores Carlos José Gomes (PMDB), 1º secretário prof. Guido Dias de Almeida (PMDB), e 2º Secretário Napoleão Vieira da Mota (PMDB).

Associações dos produtores rurais de microbacias de Taquarituba

Devido á demanda pela proteção do meio ambiente na década de 1990 , mais especificamente das águas que abastecem as cidades e a proteção dos solos cultiváveis, foram criados os projetos de proteção integral das microbacias hidrográficas. As associações de produtores rurais das microbacias foi a maneira encontrada para congregar os produtores rurais na proteção ambiental.

Dentre as várias associações citamos algumas delas:

  • Associação dos Produtores Rurais da Microbacia do Ribeirão do Muniz (Aprubam)  participam dela os produtores rurais desta microbacia. Presidente em 2005: Edson Costa Veiga. Fundada em 2002.

  • Associação dos produtores rurais da Microbacia do bairro Aleixo e Capela (Aprupi) participam dela os produtores da microbacia hidrográfica do ribeirão do Aleixo e da Capela. Abrange os bairros do Aleixo ao norte e da Capela ao nordeste do município. Fundada em 2003.

  • Associação da Microbacia Ribeirão do Lageado. Foi fundada em 1986, quando do início dos trabalhos de formação da microbacia do mesmo nome e abrangia os bairros do Lageado, Pico e Cerrado. Foi seu primeiro e único presidente Antonio de Oliveira, filho do produtor Acácio de Oliveira. Participaram dela quarenta e dois produtores rurais. A associação deixou de existir em 1992, quando os trabalhos conservacionistas teminaram na microbacia e seus participantes não tiveram mais interesse por ela.

NEAPA (Núcleo de Educação Ambiental do Paranapanema)

É uma entidade, fundada em 2000,  para a proteção do meio ambiente, ligada aos núcleos de proteção ambiental do rio Paranapanema. As atividades deste núcleo são desenvolvidas por voluntários do município preocupados com o rio Taquari, que faz parte da Bacia do Baixo Paranapanema e faz divisa com quatro municípios (Itaí, Itaberá, Coronel Macedo, Tejupá ) margeando as divisas de norte a sul de Taquarituba. 

SEDE:  Rua São Benedito 719, fundos da Biblioteca Municipal.

Alcoólicos Anônimos( AA) - Grupo Taquarituba

Fundado em  l977, o grupo de AA (alcóolicos anônimos) de Taquarituba faz reuniões semanais às terças feiras, geralmente às 20 horas, com os dependentes do álcool com o objetivo de livrá-los do vício.
Seu presidente em 2005 era Davi Antunes da Silva. 
Sede a partir de 2005: Rua Duque de Caxias, 72
Funcionou no início de suas atividades na Rua Avaré 15, vila Mendes. 

Clube Hípico Eugênio Gabriel

Sua sede é na rodovia SP-247 - Eduardo Saigh a oito quilômetros de Taquarituba, em direção a Itaí. Começou a funcionar em 1976. Tem uma área própria doada pelo proprietário e depois presidente honorário, capitão Eugênio Gabriel, e oficializado pelo advogado Erdos da Veiga. Seus sócios construíram uma raia de corrida e ao lado uma sede com sala de apostas, bar, e salão.
Durante vários anos, na década de 1980, a raia funcionou com bom movimento de corridas de cavalo e apostas. Além disso, foi cedido para os imigrantes japoneses uma parte do terreno deste clube para construção de um campo de beisebol que sediou jogos regionais no final da década de 1980. Em 2005 teve pouca ou nenhuma atividade de corrida de cavalo, funcionando um bar no local.


Entrega de trofeus ao primeiro colocado do concurso "O melhor produtor de milho de Taquarituba" - Entrega de Troféu de 1o. colocado ao Jose Pedroso Sobrinho.Salão da AAT. - 1967

Sentado, à direita do padre cujo nome não recordamos está Plácido da Silva Machado (diretor da Escola Estadual Profa. Julieta Trindade Evangelista)

Entrega de prêmios do Melhor Produtor de Milho de Taquarituba - Ano agrícola 1966-1967

Foto do arquivo de José Norival Augusti, 1967

Entrega de prêmios e diplomas do sexto concurso de produtividade de milho - 1966-1967- palanque em frente da Igreja São Roque. Da esquerda para a direita ao fundo: Ovídio Bastilio Tardivo (chefe de extensão agrícola de Avaré), José Norival Augusti(engenheiro agrônomo regional), Ribas Ferreira de Oliveira (prefeito municipal de Taquarituba), Ciro de Albuquerque (deputado estadual), Francisco de Lucia( padre) e o diretor da Ceagesp de Avaré.