segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Vereador Cearense e o Muro de tábuas de madeira

 Na década de sessenta (entre 60 e 65), quando a cidade era toda de terra vermelha, na época das secas, o vento cobria todas as casas de pó vermelho o vereador José “Cearense”, cunhado do Josué Penna (“Juca Penna”) apresentou um projeto na Câmara para que a prefeitura cercasse a cidade com um muro de tábuas de madeira para evitar que a ventania e a poeira sujasse as roupas de suas eleitoras. O projeto não foi aprovado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário