quarta-feira, 3 de junho de 2009

Bastião Pedroso: um contador de causos

Sebastião Pedroso, agricultor do bairro Lageado, era grande conversador e grande contador de causos que nos anos cinqüenta morava em seu sítio no bairro da Estiva na margem esquerda do Rio Taquari. Lá criava porcos pelo sistema extensivo, antigo, soltos e alimentados com milho e mandioca. Chegando um dia ao sítio notou que eles haviam sumido. Procurou-os fora do “cercado”e não os achou. Entrou no “cercado” dos porcos e notou um buraco grande onde ficava um pé de mandioca. Era tão grande que dava para nele entrar.
Penetrou no buraco e viu que o buraco da raiz era enorme e ia longe. Percorreu o buraco e avistou uma luz no fim do túnel-raiz. Saindo do buraco, reconheceu que estava no sítio do seu cunhado no município de Itaí. Todos os seus porcos estavam ali, pois tinham atravessado o túnel pela raiz da mandioca, comendo-as e cavando-o. Eles estavam “cevados” no milharal do seu cunhado, Antônio Bento em Itai. Conta-se que vendeu os porcos na própria propriedade do cunhado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário