quarta-feira, 13 de maio de 2009

Gaúchos deixaram herança cultural em Taquarituba

Os moradores mais antigos da cidade contam que, na “Revolução Constitucionalista"(1932) (guerra civil dos paulistas contra o governo federal e outros estados brasileiros), os taquaritubenses em sua maioria abandonaram a cidade indo para o bairro do Aleixo, enquanto os soldados gaúchos se aproveitaram do abandono e pilharam a cidade.
O gaúchos invadiram São Paulo pela região de Itapeva e Itaberá, cidades próximas à Taquarituba, passando pelo Rio Taquari e cruzando a fazenda do Medonho e dos Nunes indo em direção à Taquarituba.
É curioso que no sítio de João Nunes Sobrinho, bairro dos Nunes, foi plantado uma árvore de erva “mate” pelos gaúchos invasores e que durou até o final do século XX. Os gaúchos deixaram o costume de consumir o “chimarrão” entre os familiares dos Nunes.
No site do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Itapeva http://www.ihggi.org.br/pag.php?pag=revolucoes há informações sobre o episódio da Revolução Constitucionalista de 1932 na região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário