quarta-feira, 13 de maio de 2009

Família Sangiácomo e o comércio do milho

Um dos membros da família Sangiácomo, descendente de imigrantes italianos, veio para Taquarituba em 1949 para comprar milho para granjas de frangos do Rio de Janeiro. Benedito Custódio era sócio do Pascoale San Giácomo na compra do milho "em pé". O Benedito “Dito" Custódio era pai de Lourenço Custódio(que foi prefeito). “Dito” e seu filho colhiam e preparavam o milho para debulhar com a turma em “bandeiras" de espigas milho, colhidas em palha para a “debulhadeira” de Antônio Vaz. Esta debulhava e ensacava o milho para ser levado em caminhões para o trem em Itapéva, com destino ao Rio de Janeiro.
Para evitar desabastecimento das granjas, o velho Sangiácomo do Rio de Janeiro passou a fornecer as sementes de milho, a financiar a cultura e passou também a plantar milho, ajudado pelos seus filhos Gianuário e Michele. Assim evitava o desabastecimento e fornecia milho aos granjeiros em 1950.

Nenhum comentário:

Postar um comentário