segunda-feira, 9 de março de 2009

Rádio amadora em Taquarituba

No início da década de trinta, José Penna trouxe para a cidade de Taquarituba o primeiro rádio “galeano” de pedra “galena”, aquele que se ouvia com fone no ouvido. Alguns cidadãos achavam que era “coisa” do demônio e se recusavam a usar o fone dizendo que era obra do demo(demônio).
José Penna - o piracicabano de São Pedro - tinha seu rádio amador de prefixo PY2MV, ou “manipulador de válvula”, que servia para resolver casos de urgência. Ele mantinha em sua casa um atendente para anotar as informações que deveriam ser divulgadas e repassadas às autoridades competentes.
O funcionamento de uma rádio profissional começou em Taquarituba, na década de oitenta, quando houve a expansão na concessão de canais de rádio para as cidades do interior do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário