terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Associação Atlética Taquariense(AAT): de 1960 até a atualidade

O clube nos anos sessenta foi inscrito na Federação Paulista de Futebol graças ao trabalho do conselheiro José Picasso que foi presidente do conselho deste clube por vários anos. No final dos anos sessenta(1969/70) foi construído nos fundos do terreno do clube um campo de “bocce” com duas pistas devido a influência dos sócios artur-nogueirenses. Os primeiros sanitários e entrada lateral do clube foram inaugurados em 1968 onde foi construído o “bocce”, pois antes havia uma fossa negra nos fundos do terreno.
Nos anos de 1978, 1979 e 1980 foi presidente, Odécio Botéchia; secretário, Paulo Ferraz de Oliveira e tesoureiro, Luiz de Oliveira.
Na década de oitenta o estádio da Associação recebeu o nome de “Estádio Municipal Ciro de Campos”, em homenagem ao futebolista que treinou equipes do clube, trabalhou e disputou partidas regionais pela AAT.
Nos anos de 1981,1982 e 1983 o presidente foi Paulo Ferraz de Oliveira, o secretário: Roberto Fernandes Filho e tesoureiro José Clóvis Benini; nos anos de 1984 a 1986, de 1987 a 1989 e de 1990 a 1992 foram presidentes do clube: Lourenço Custódio, tesoureiro: José Clóvis Benni; 1992 a 1994 foi presidente, Carlos Alberto Custódio; tesoureiro, José Clóvis Benini; secretário, Paulo Ferraz de Oliveira. De 1995 a 1997 foi presidente, José Aparecido Simão, os nomes do tesoureiro e secretário não constam do arquivo.
Em 1998 foi presidente Luis Carlos Martins dos Santos.Além dos diretores havia o Conselho do clube que planejava e fiscalizava as ações do clube de acordo com as normas da Federação Paulista de Futebol na qual a Associação foi filiada.
Em 2002 foi presidente, o mesmo Arlindo Martins dos Santos, tendo como tesoureiro Martinho dos Santos e secretário Marcos Vinicius dos Santos.
O clube teve e tem diretores executivos que são os presidentes de conselho, segundo o estatuto da associação. A parte executiva da Associação é realizada pelos presidentes do Conselho como rege o estatuto das associações esportivas, ou sejam os sócios, da época: Pedro Pedroso, João Vaz Gabriel;“Gote Pico”, José Picasso Chamorro, Ciro de Campos, Roque Berzelay Penna, José Norival Augusti, Ítalo Lamarca, Paulo de Campos, Dorival Camargo e outros. Depois de 1980 não conseguimos os nomes dos Presidentes do Conselho.
Além do time de futebol da época de ouro da Associação nos anos sessenta foram criados no final dos anos noventa os times Beldará, Matão, Costas II e Queimadão.
Em 1982 foi adquirida uma área para um clube de Campo, no bairro Lageado, ao lado do Banespinha, e que funcionou até ser vendido na gestão de Arlindo Martins dos Santos(1998/2002). Durante a gestão de Lourenço Custódio, e Carlos Alberto Custódio(1984 a 1991 e 1992 a 1994) o estádio foi modernizado com a construção de arquibancadas de concreto, vestiários para atletas e bilheterias.
A ampliação do clube (construção de um novo salão, sanitários e novo bar) foi iniciada, na gestão de Paulo Ferraz de Oliveira, com recursos próprios provenientes de bingos, festas e bailes, e inaugurados em 15 de Março de 1993. No dia 19 de junho de 1993 foi realizado o primeiro Baile oficial do novo salão com a orquestra “Jair Super Capp Show”.
A ampliação do pequeno salão do clube eliminando a cancha de “bocce”, refazendo o bar e as duas salas para jogos foram terminadas em 1997.
Após uma reforma, de 1998 até 2002, o clube foi arrendado para uma firma de jogos de Bingo, para saldar compromissos da reforma, e no final do ano de 2002 acabou o arrendamento com a firma, e o clube reassumiu novamente a gestão do mesmo.
De 1998 até 2002, o presidente foi de Arlindo Martins dos Santos. Em 2003 quando foi presidente José Aparecido Simão foi vendido o Clube de campo do bairro Lageado, ao lado do Banespinha. Em 2005, foi presidente Arlindo Martins dos Santos, tendo como tesoureiro Martinho dos Santos e secretário Marcos Vinicius dos Santos.
Em 2005 a Associação tem uma quadra de esportes com um campo de futebol, à Rua Gastão Vidigal 43, entre as ruas Benjamin Constant e São Benedito, cujo terreno foi doado pela Prefeitura Municipal desde o ano de 1960.

Nenhum comentário:

Postar um comentário